Terça-feira, 26 de Dezembro de 2017

...

      Pouco a pouco as dores viram água, viram memória. As memórias vão com o tempo, se desfazem. Mas algumas não encontram conforto, só algum alívio nas pequenas brechas da poesia. Você é a minha memória inconsolável, feita de pedra e de sombra. E é dela que tudo nasce. E dança...


publicado por killua às 00:01
| |

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 109 seguidores

.pesquisar

 

.Junho 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. quando o céu cair

. 3.44

. ...

. nada

.arquivos

. Junho 2018

. Maio 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Dezembro 2017

. Dezembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Agosto 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

.?

. todas as tags

.☆

. need you like water in my...

. Letters

SAPO Blogs

.subscrever feeds